+
Edifício Moou 2018-07-11T15:09:05+00:00

Project Description

Edifício Moou

Dados Técnicos

Localização: São Paulo, SP – Brasil

Tipo de Construção: Residencial Multifamiliar

Área do terreno: 1200 m²

Área construída: 6477 m²

Início do projeto: 2014

Equipe

Autores: Fernando Forte, Lourenço Gimenes, Rodrigo Marcondes Ferraz

Coordenadores: Ana Paula Barbosa, Sonia Gouveia

Colaboradores: Carla Bonfante, Carla Facchini, Carla Soffi, Caroline Endo, Fernanda Veríssimo, Juliana Cadó, Ligia Meirelles, Wanessa Simoe

Estagiários: Gabriela Eberhardt, Otavio Araújo

Construtora – SKR Construtora e Incorporadora

Projeto de Estrutura e Fundações – Monteiro & Linardi

Projeto de Instalações Hidráulicas e Elétricas – FMA, FEP

Paisagismo – Camila Vicari

Projeto de Interiores – SuperLimão

A Rua Mourato Coelho é uma das ruas mais movimentadas do boêmio bairro da Vila Madalena. No seu último quarteirão, no entanto, a energia noturna cede espaço para uma rua em declive, com uma bela vista em direção ao por do sol. Neste trecho, num terreno de 1200m², projetamos um edifício de 8 pavimentos com uma variedade de 9 tipologias de apartamentos.

O edifício, por razão da topografia, tem seu térreo a 3m da cota da calçada, criando uma praça privativa elevada. Para evitar que a garagem se colocasse como um elemento agressivo na paisagem do pedestre, propusemos num respiro urbano totalmente aberto à calçada, formado por um recuo do sobressolo maior do que o recuo obrigatório. Uma atitude modesta, mas convicta de seu valor.

É através dessa pequena praça que se dá o acesso ao edifício, marcado por um singelo plano contínuo de chapa perfurada. Acima dele, duas lâminas flutuam: a da esquerda, maior e mais pesada, é marcada pela sua estrutura de concreto aparente e transgride o limite do térreo, debruçando-se sobre a pequena praça. A lâmina menor, colada à outra pelo lado direito, é mais tímida: branca, com menos pavimentos, tem sua base elevada e sua altura limitada, criando condição para a clara identificação das duas lâminas. Mais que isso, no entanto, cria um espaço de pé-direito duplo na praça elevada, fruto da eliminação do primeiro pavimento desta lâmina. Neste espaço, uma grande praça coberta articula as áreas comuns do edifício.

A lâmina em concreto armado, que impõe como visualmente mais pesada, na verdade é a mais leve: no seu interior, um grande átrio sobre um jardim articula uma circulação aberta para os apartamentos. Nesta lâmina estão dispostos dois apartamentos maiores por pavimento, enquanto a sua irmão acomoda 4 apartamentos. Na cobertura, todos os apartamentos têm acesso a áreas externas, com direito à bela vista em direção ao Alto de Pinheiros e ao por do sol.

Planta Térreo

Planta Terceiro Pavimento

Corte B